O discurso oficial dos media sobre a “longevidade ativa”: uma tentativa de popularizar a ideia da inclusão de pessoas idosas na sociedade ou de ocultar escolhas forçadas indesejáveis

  • Anastasiya Jurkevits Lithuanian Social Research Centre
Palavras-chave: discurso oficial bielorrusso, envelhecimento ativo, narrativas de longevidade ativa, contra-narrativa

Resumo

No processo de reforma das políticas sociais, vários atores usam os canais dos media para transmitir os seus argumentos a um público amplo e popularizar certas ideias. Não apenas os factos são transmitidos, como também uma certa imagem da realidade social. Este artigo explora as principais narrativas mediáticas do discurso oficial da ‘longevidade ativa’ na Bielorrússia no período 2017-2018, com o objetivo de explorar os significados que eles transmitem na sociedade, e qual a imagem da realidade social que representam e constroem. Para a análise das narrativas, utiliza-se a análise de conteúdo semântico, assim como a análise qualitativa do discurso de textos / artigos da Agência Telegráfica da Bielorrússia BelTA e da editora estatal The Belarus Segodnia («Belarus Today») incorporada em cinco jornais. Os textos foram recolhidos por amostra no período entre 1 de janeiro de 2017 e 31 de dezembro de 2018. As narrativas transmitidas nos materiais dos media oficiais, juntamente com os comentários dos jornalistas, mostram a atividade das pessoas idosas como uma versão desejável da realidade, bem como a sua raridade e não tipicidade para a sociedade bielorrussa contemporânea. Esta conclusão sugere que, neste discurso, exatamente a narrativa oficial da ‘longevidade ativa’ é a contra-história, projetada para superar as narrativas populares e mais comuns na sociedade. A compreensão da ‘longevidade ativa’ oferecida pelo discurso oficial parece ser uma versão simplificada da realidade, focada principalmente nas categorias de atividade laboral, de utilidade para a sociedade ou não sobrecarregando a sociedade. Essa contra-narrativa não se re-humaniza, mas ao invés de fortalecê-la, faz outras escolhas para a compreensão da ‘longevidade ativa’ invisível e insignificante.

Publicado
2019-06-30
Como Citar
[1]
Jurkevits, A. 2019. O discurso oficial dos media sobre a “longevidade ativa”: uma tentativa de popularizar a ideia da inclusão de pessoas idosas na sociedade ou de ocultar escolhas forçadas indesejáveis. Interações: Sociedade e as novas modernidades. 36 (Jun. 2019), 72-99. DOI:https://doi.org/10.31211/interacoes.n36.2019.a3.
Edição
Secção
Artigos