O Ser Psicanalista

  • Mário J. A. Santos Psicólogo Clínico. Psicanalista. Psicoterapeuta
Palavras-chave: Psicanálise, nova relação, função psicanalítica da personalidade, verdadeiro self

Resumo

O autor, tendo por base a obra completa de Sigmund Freud, pretendeu realçar a importância fundamental do funcionamento mental do psicanalista e da sua disponibilidade interna para o processo analítico com os seus analisandos. Salientando como essencial na formação psicanalítica a análise pessoal que possibilite o tender e o realizar-se naquilo que verdadeiramente se é.

Biografia Autor

Mário J. A. Santos, Psicólogo Clínico. Psicanalista. Psicoterapeuta

Psicólogo Clínico. Psicanalista. Psicoterapeuta

Publicado
2017-12-29
Como Citar
[1]
Santos, M. 2017. O Ser Psicanalista. Interações: Sociedade e as novas modernidades. 33 (Dez. 2017), 43-61. DOI:https://doi.org/10.31211/interacoes.n33.2017.a3.
Edição
Secção
Artigos