Os Países do Golfo no Mercado Global de Trabalho: Imigração, Políticas de Emprego e as Desigualdades do Recrutamento

  • Maria José Santos Instituto Superior Miguel Torga, Coimbra
Palavras-chave: mercado global de trabalho, países do Golfo, imigração, políticas de emprego, desigualdade, sistema Kafala

Resumo

O mercado de imigração e emprego nos países produtores de petróleo, na região do Golfo, refere duas situações discrepantes. Por um lado, profissonais altamente especializados, principalmente oriundos de países ocidentais, com funções, sobretudo, no setores de gestão, banca, aconselhamento e indústrias de serviços. Por outro lado, um vasto número de trabalhadores sem especialização ou semi-especializados, a maior parte na construção civil, exploração de petróleo e gás, ou trabalhos domésticos e que, geralmente, têm origem em países asiáticos. Estas diferenças refletem uma estrutura de desigualdade no mercado de trabalho e nas práticas de recrutamento, resultando de políticas de migração e leis de trabalho, conhecidas como o sistema Kafala, que é pesadamente influenciado por padrões culturais, juntamente com critérios de segurança nacional. No entanto, as mudanças, em consequência da crise das economias ocidentais, tem reduzido a situação de relativo privilégio dos setores especializados, devido ao maior fluxo de profissionais à procura destas posições, agravando as disparidades também no interior deste grupo.

 

The Gulf Countries in the Global Labour Market: Immigration, Employment  Policies and the Inequalities of Recruitment 

Immigration and the labour market in the Gulf oil-producing countries refer to two disparate situations. On the one hand, skilled and highly educated professionals, mainly from western countries, with functions chiefly in the management sector, banking, counseling and the service industries. On the other, a vast number of non-skilled or semi-skilled workers, most often in civil construction, oil and gas exploration, and domestic jobs, and generally with their origins in Asian countries. These differences reflect a structure of inequality in the work market and in the practices of recruitment, resulting from migration policies and labor laws known as the Kafala system, which is heavily influenced by cultural patterns along with criteria of national security. However, the changes arising from the crisis of the western economies have reduced the situation of relative privilege of the specialized sectors, due to a greater flow of skilled employment seekers, aggravating disparities within this group as well.

Keywords: Global labour market, Gulf countries, immigration, employment policies, inequality, Kafala system.

Biografia Autor

Maria José Santos, Instituto Superior Miguel Torga, Coimbra

Licenciada em Direito. ScM Recursos Humanos e Comportamento Organizacional. Instituto Superior Miguel Torga, Coimbra. 

Publicado
2013-12-31
Como Citar
[1]
Santos, M. 2013. Os Países do Golfo no Mercado Global de Trabalho: Imigração, Políticas de Emprego e as Desigualdades do Recrutamento. Interações: Sociedade e as novas modernidades. 25 (Dez. 2013).
Edição
Secção
Artigos