A Investigação sobre Esquizofrenia em Portugal: Uma Revisão Sistemática

  • Joana Barbosa Instituto Superior Miguel Torga, de Coimbra
Palavras-chave: esquizofrenia, revisão sistemática, Portugal, investigação académica, RCAAP

Resumo

O conceito de Esquizofrenia mudou, acentuadamente, durante os últimos 100 anos de  conceptualização e investigação da doença. O objetivo deste estudo é descrever e caracterizar a forma como a Esquizofrenia tem sido investigada em Portugal, através de uma revisão sistemática de teses de Licenciatura, Mestrado e Doutoramento, desde o início do século 20 até Novembro de 2012, a partir do Repositório Científico de Acesso Aberto de Portugal (RCAAP). Esta revisão sistemática, resultando numa amostra final de 35 trabalhos de investigação, mostra que a Esquizofrenia foi, durante a maior parte daquele longo período, descurada em Portugal como objeto de estudo. Desta forma, a maior parte da pesquisa corresponde a teses de Mestrado de início do século 21, consistindo em estudos primários observacionais, baseados em técnicas de amostragem não probabilística e, em média, compostos por 35 doentes com Esquizofrenia. Em qualquer caso, há, naqueles estudos objeto de revisão, uma grande diversidade de tópicos  abordados, dimensões avaliadas e instrumentos utilizados.

 

The Research on Schizophrenia in Portugal: A Systematic Review  

The concept of Schizophrenia has changed markedly during the last 100 years of conceptualization and investigation of the disease. The goal of this study is to describe and characterize the way in which Schizophrenia has been researched in Portugal, by carrying out a systematic review of Bachelor, Master’s, and PhD theses, ranging from the early 20th century to November 2012, and gathered from the Open Access Scientific Repository of Portugal (with the Portuguese acronym RCAAP). This systematic review, resulting in a final sample of 35 research works, shows that schizophrenia was, for most of that long period, overlooked  in Portugal as an object of study. In this way, most research corresponds to recent Master’s theses from the early 21st century, consisting of observational primary studies based on non-probabilistic sampling techniques and, on average, composed by 35 patients with Schizophrenia. At any rate, there is, in these reviewed studies, a great diversity of topics addressed, dimensions assessed and instruments used.

Keywords: Schizophrenia, systematic review, Portugal, academic research, RCAAP.

Biografia Autor

Joana Barbosa, Instituto Superior Miguel Torga, de Coimbra

Terapeuta Ocupacional. ScM Psicoterapia e Psicologia Clínica. Instituto Superior Miguel Torga, de Coimbra. 

Publicado
2013-12-31
Como Citar
[1]
Barbosa, J. 2013. A Investigação sobre Esquizofrenia em Portugal: Uma Revisão Sistemática. Interações: Sociedade e as novas modernidades. 25 (Dez. 2013).
Edição
Secção
Artigos