Entre o Enunciado Falso e os Mecanismos de Defesa: Contributo para a Expansão da Tabela de Bion

  • Catarina Rebelo Neves Instituto Superior Miguel Torga

Resumo

O contributo para a expansão da Tabela de Bion, neste artigo, consiste na proposta de expansão desta Tabela para um campo ndimensional, gerado pela multi-significação do enunciado falso e alicerçado em dois eixos fundamentais: a negação e o recalcamento. A investigação clínica desta natureza é de difícil operacionalização, uma vez que se enlaçam dois quadros teóricos distintos: o freudiano e o bioniano. A autora procede, assim, ao estudo de dois casos descritivos, não experimentais e transversais, tendo, como objecto(s) de estudo, o(s) funcionamento(s) dominante(s), ou seja, em cada um dos casos, os seus invariantes. Com este objectivo, é efectuada uma sobreposição das leituras freudiana e bioniana, na investigação de ambos os casos clínicos, cada um deles representando um determinado modo de funcionamento: o neurótico e o psicótico. As sessões foram sujeitas à análise clínica de conteúdo. Procedeu-se à análise dos mecanismos de defesa e a uma leitura clínica do mesmo material, com o auxílio da Tabela revista e modificada por Amaral Dias (1997). O objectivo desta análise é abrir um campo de tradução para a linguagem biónica dos mecanismos de defesa. A autora chega, assim, à diferenciação entre o enunciado falso propriamente dito e a mentira mental.

Between the False Enunciation and the Defence Mechanisms: Contribution to the Expansion of the Table of Bion

The contribution to the expansion of the Table of Bion, presented in this article, consists in the proposal of the expansion of the Table to an n-dimensional field generated by the multisignificance of the false enunciation and consolidated on two fundamental main points: the negation and the repression. A clinical research of this nature is difficult to carry out, given that two distinct theoretical patterns are entwined in it: the Freudian and the Bionian. Thus the author studies two descriptive cases, which are non-experimental and non-transversal, concerning the dominant functioning(s) and their unchangeablenesses. The research of both clinical cases overlaps the Freudian and the Bionian readings, each one of them representing a specific way of functioning: the neurotic and the psychotic. The clinical sessions were subject to the clinical contents analysis. On the other hand, the analysis of the mechanisms of defence and the clinical reading of the same material are carried out with the help of the revised and modified Table by Amaral Dias (1997). The aim is to open a field of translation for the Bionic language on the mechanism of defence. In conclusion, the author comes to the differentiation between the false enunciation in itself and the mental lie.

Biografia Autor

Catarina Rebelo Neves, Instituto Superior Miguel Torga
Psicóloga Clínica Psicoterapeuta 
Publicado
2005-10-31
Como Citar
[1]
Neves, C. 2005. Entre o Enunciado Falso e os Mecanismos de Defesa: Contributo para a Expansão da Tabela de Bion. Interações: Sociedade e as novas modernidades. 5, 9 (Out. 2005).
Edição
Secção
Artigos